Hoff faz justa homenagem aos 45 anos da JCI/NH

Home  »  Segurança  »  Hoff faz justa homenagem aos 45 anos da JCI/NH
dez 2, 2010 No Comments ››
SOLENE MARCA 45 ANOS DA JCI NOVO HAMBURGO

Vereador Leonardo Hoff é autor da homenagem

O Legislativo sediou na noite desta terça, dia 30, uma homenagem aos 45 anos da Junior Chamber International (JCI) de Novo Hamburgo. A solenidade ocorreu a pedido do vereador Leonardo Hoff (PP). O parlamentar acolheu sugestão apresentada pelo suplente Daniel Schokal (PSDB), membro da JCI. Para marcar a data, ao final do evento, foi entregue uma placa alusiva ao aniversário da entidade.

Além do presidente Jesus Maciel Martins (PTB), compuseram a mesa o vereador Leonardo Hoff, a coordenadora de Políticas Públicas para as Mulheres, Fátima Fraga – representando o prefeito Tarcísio Zimmermann, o presidente do Conselho diretor da JCI/2010, Ramsés Machado, e o presidente da Cajubocha, Erni Frederico Abend, que comandou a JCI em 1973. Estiveram presentes também os vereadores Sergio Hanich (PMDB), Gilberto Koch (PT) e os suplentes Vladi Lourenço (PP) e Daniel Schokal (PSDB). Compôs a tribuna de honra Walmor Silva, presidente do PP.

Berço de lideranças
O autor da homenagem, Leonardo Hoff, lembrou que o Legislativo abriga a representação total da comunidade de Novo Hamburgo, desde a pessoa mais humilde àquela que tem mais posses. Segundo o parlamentar, é por isso que a homenagem à JCI na Casa tem tanta importância. “Como é bom olhar a história de uma instituição e ver que dela saíram tantas lideranças que ajudaram a construir a cidade”, acrescentou.

Hoff lembrou que atendeu com satisfação ao pedido do suplente Daniel Schokal.  Em seu discurso, citou a participação importante das lideranças da Câmara Júnior na criação da Aspeur e na administração do Hospital Darcy Vargas.  O progressista mencionou também recentes atuações, destacando o projeto Nós Podemos Novo Hamburgo, que tem por meta atingir os oito Objetivos do Desenvolvimento do Milênio (ODM). Entre eles estão acabar com a fome e a miséria, educação básica para todos e redução da mortalidade infantil.

O vereador disse que os frutos dos trabalhos realizados hoje pela JCI poderão ser colhidos pelas gerações futuras, que reconhecerão os esforços dos atuais juniores. Ele declarou que o mesmo ocorreu com os visionári os que criaram a entidade e que merecem os aplausos da comunidade hamburguense.

Hoff mencionou que dirigiu o Hospital Municipal, que começou a ser administrado em 1977 por um grupo de juniores. Na época, os integrantes da JCI assumiram a condução da entidade mantenedora da instituição de saúde, fazendo parte do Conselho de Administração, do Conselho Fiscal e indicando os juniores para as Diretorias Administrativas da entidade.

Ele falou também em nome do PMDB e do PT.

Lideranças
Em seu discurso, Daniel Schokal (PSDB) lembrou-se de sua adolescência, quando se indagava qual era a atuação da JCI. “Percebi então que as grandes lideranças de Novo Hamburgo sempre estiveram na Câmara Júnior.” Schokal afirmou que ingressou na entidade após ser convidado por um amigo a participar de um debate. Desde então, vem aprendendo e colaborando com os projetos desenvolvidos pelos juniores e seniores. “Parabenizo todos os membros que atuaram nesses 45 anos”, concluiu.

Fátima Fraga elogiou o fato de Hoff ter promovido a homenagem, mencionando o trabalho desenvolvido pelo parlamentar no governo do Estado. Fátima disse ser porta-voz das felicitações de Tarcísio Zimmermann. Ela revelou ter sido escolhida para representá-lo na solenidade em virtude de sua estreita ligação com a Câmara Júnior. E contou que, em 2007, ano em que se tornou mãe, enfrentou o desafio de conciliar a presidência da JCI com suas suas novas atribuições familiares.

Assim como Hoff, a coordenadora de Políticas Públicas para Mulheres salientou a importância do trabalho da Aspeur e da conquista do status de universidade pela Feevale. “Nossos membros construíram esse momento que Novo Hamburgo está vivendo”, acrescentou.

Fátima citou também a atuação da JCI junto à Fundação Scheffel e o projeto Oratória nas Escolas, cujo objetivo é desenvolver nos adolescentes a capacidade de se comunicar em público com desenvoltura.

Visionários
Jesus Maciel Martins (PTB) destacou que a JCI faz a diferença no Município. “Os visionários estão de parabéns, mas os jovens também precisam ser homenageados porque estão dando seguimento ao trabalho realizado pelos idealizadores da entidade”, afirmou. O presidente do Legislativo mencionou a atuação dos dirigentes do passado: Renato Pilger e Erni Frederico Abend. Jesus elogiou também o Guaracy Velho, homenageado em 2010 com o Título de Cidadão de Novo Hamburgo.

Ao ocupar a tribuna, Ramsés Machado informou que Guaracy foi escolhido na Turquia o senador da JCI mais destacado do mundo. Emocionado, Machado disse que jamais pensou que falaria em nome da entidade na Casa do Povo. A expectativa, segundo ele, é de que daqui a 10 anos os objetivos do milênio, propostos pelo projeto Nós Podemos Novo Hamburgo, sejam atingidos com êxito. Afirmou ainda estar satisfeito que essa proposta teve início no ano em que dirigiu a Câmara Júnior e destacou que ela continuará sendo desenvolvida pela próxima administração.

Erni Frederico Abend, um dos fundadores da entidade, declarou que, ao ver os jovens da JCI, sentia orgulhoso em ter aceito o convite de integrar o grupo em 1965. “O que os jovens estão fazendo agora era o que fazíamos na época.” Segundo Abend, citar as todas as realizações desses anos seria uma tarefa interminável, mas destacou o projeto desenvolvido pela Câmara Júnior que inspirou o Mobral (Movimento Brasileiro de Alfabetização), programa de alfabetização funcional de jovens e adultos.

Durante a solenidade, o músico Leandro Medeiros apresentou as músicas Flor de Lis, de Djavan, e Meu Esquema, do Mundo Livre S/A.

Fonte: http://www.camaranh.rs.gov.br/Noticias.asp?IdNoticia=4404

Leave a Reply