Base do Governo Tarcísio rejeita emenda de Hoff que iria acabar com buracos na cidade

Home  »  Comunicação  »  Base do Governo Tarcísio rejeita emenda de Hoff que iria acabar com buracos na cidade
dez 6, 2011 No Comments ›› Guilherme Darros

Tendo como objetivo solucionar o problema dos buracos nas ruas hamburguenses, o Presidente da Câmara, Leonardo Hoff apresentou a emenda nº 85 ao Projeto de Lei 125/2011 que trata da Lei Orçamentária do Município para o ano de 2012. A emenda visava obrigar o Poder Executivo a investir parte da verba orçada em 100.000 m² de asfalto, melhorando assim a mobilidade urbana do Município. Entretanto, a emenda foi rejeitada pela Base do Governo Tarcísio Zimmermann, que também rejeitou outras propostas de Hoff.

Para o Presidente do Legislativo, o Poder Executivo não pensou na comunidade no momento em que rejeitou a emenda. “A cidade está entregue aos buracos e esta emenda visava um investimento real no recapeamento asfáltico das ruas que hoje são motivo de vergonha para a cidade”, destacou Hoff que explicou a matéria: “Houve um aumento excessivo em despesas correntes na Prefeitura, de um ano para outro e estes gastos se economizados poderiam resultar em uma verba de R$ 9.120,000,00 reais que poderia ser utilizada na pavimentação das ruas hamburguenses”, concluiu.

Hoff pede atenção ao orçamento que não foi executado
Hoff votou favorável à lei orçamentária, porém, durante seu discurso na tribuna pediu atenção da comunidade na execução dos investimentos. “No orçamento de 2010 estava previsto um investimento de R$ 130 milhões de reais, R$ 50 milhões a menos do que está previsto para o ano de 2012. Porém, deste valor, foram investidos somente R$ 57 milhões de reais dos R$ 130 milhões, portanto não se cumpriu com R$ 72 milhões de reais previstos, sem sabermos os motivos. Os gastos com folha de pagamento estavam orçados em R$ 144 milhões, entretanto o Executivo gastou R$ 163 milhões. E este gasto a mais pode ter sido tirado do investimento”, concluiu Leonardo Hoff que ainda deu exemplos de obras como nas Escolas Arnaldo Grin, Machado de Assis, Antônio Benfica Filho e Cecília Meirelles, entre outras que as mais votadas no Orçamento Participativo e que constavam no peça orçamentária do ano passado, mas que não tiveram nenhum valor empenhado até o momento. “Os vereadores são parceiros, nós queremos que invistam os R$ 180 milhões pois é melhoria para a cidade. Mas é necessário cumprir com estes investimentos e a comunidade deve manter-se atenta ao uso do dinheiro público por parte do Poder Executivo”, finalizou Hoff.

 

Hoff criticou a falta de investimento do Poder Executivo

Tagged with: , , , , , ,

Leave a Reply