Mais uma ponte é liberada em Novo Hamburgo

Home  »  Comunicação  »  Mais uma ponte é liberada em Novo Hamburgo
set 24, 2012 No Comments ›› Guilherme Darros

A nova ponte sobre o arroio Luiz Rau, no cruzamento da Avenida Nações Unidas com a Rua Castro Alves, no Centro de Novo Hamburgo, foi liberada ontem, quarta-feira, 19 de setembro. A travessia tem cerca de 20 metros de largura e coincide com o final da nova extensão da linha 1 da Trensurb.

De acordo com o diretor-presidente da Trensurb, Humebrto Kasper a construção foi planejada para evitar enchentes, sendo utilizada vigas pequenas, que permitem que o vão entre o arroio e a ponte tenha uma boa altura.

 Já o Diretor Administrativo Financeiro da empresa, Leonardo Hoff afirma que a liberação da ponte colaborará para um melhor fluxo do trânsito na região. “Sabemos que as obras de expansão acabaram tumultuando a mobilidade urbana do Centro da cidade, mas com as reformas nas pontes, incluindo o alargamento das vias, estamos melhorando esta área”, destacou Hoff.

A ponte é mais uma das melhorias complementares às obras do trem, que são executadas pelo Consórcio Nova Via , empresas contratadas pela Trensurb para realizar a obra de expansão até Novo Hamburgo.

Como ficará o trânsito
A travessia é de mão única, sendo que o trânsito funciona no sentido leste/oeste (da Av. Nações Unidas à BR-116). Além de ligar a Avenida Nações Unidas à Rua Castro Alves, a ponte supre uma necessidade causada pela alteração de todo o sistema de trânsito da rótula entre as Avenidas Nicolau Becker e Nações Unidas.

Além da nova ponte, o local recebeu uma sinaleira de dois tempos. Também foram colocadas novas placas de sinalização e feitas pinturas no asfalto para orientação dos motoristas e pedestres. Outra mudança que ocorrerá no trânsito, é que a Rua Castro Alves, a partir de quinta-feira, dia 20 de setembro, será preferencial, nos cruzamentos com as Ruas Borges de Medeiros e 25 de Julho.

Ponte também vai mudar o trajeto dos ônibus
A nova travessia também ajudará a desafogar o trânsito em um dos pontos mais movimentados de Novo Hamburgo: o cruzamento entre as Ruas José do Patrocínio e Borges de Medeiros. Isso porque os ônibus que transitam pela Avenida Nicolau Becker em direção à BR-116, e que antes entravam à direita na Rua Borges de Medeiros, a partir de quinta-feira, dia 20 de setembro, entrarão à direita na Avenida Nações Unidas e depois à esquerda na Rua Castro Alves, saindo na Rua 25 de Julho, ou então indo direto à BR-116, dependendo da linha.

A expansão até Novo Hamburgo
O empreendimento prevê, no total, mais 9,3 quilômetros de Linha 1, atingindo 43 quilômetros de extensão, de Porto Alegre a Novo Hamburgo. Todo o trecho é estruturado em via elevada e comporta cinco novas estações, as duas primeiras já em operação – Rio dos Sinos, em São Leopoldo, e Santo Afonso, Industrial, Fenac e Novo Hamburgo, no município hamburguense. O Consórcio Nova Via – constituído pelas empresas Norberto Odebrecht, Andrade Gutierrez, Toniolo/Busnello e T’Trans – é o responsável pela execução da obra. O projeto é orçado em R$ 939,6 milhões.

As obras de expansão norte da Trensurb vão além da ampliação da linha metroferroviária. Em seu entorno, surge uma nova realidade para moradores de São Leopoldo e Novo Hamburgo, com ações na área de habitação, saneamento e infraestrutura. Entre esses projetos, está a ampliação da Avenida Mauá, constituindo mais uma ligação entre os dois municípios, uma alternativa que contribuirá na redução do trânsito na BR-116.

O novo sistema viário terá aproximadamente 6 quilômetros de pista dupla ao longo da Linha 1, no trecho entre as estações Rio dos Sinos, em São Leopoldo, e Santo Afonso, em Novo Hamburgo. A obra também inclui a execução de um sistema de drenagem pluvial, passeios públicos, ciclovia, entre outros equipamentos urbanos. Para isso, as equipes continuam atuando na limpeza do solo, aterramento e terraplanagem. Na cabeceira da ponte rodoviária, o muro de arrimo vai sendo erguido. O lado oeste da Avenida Mauá, por sua vez, já está sendo pavimentado. Estas ações complementares têm orçamento de aproximadamente R$ 17 milhões.

Tagged with: , , , , ,

Leave a Reply