ALSIPA solicita à Trensurb estudo de viabilidade para expansão do trem até Taquara

Home  »  Comunicação  »  ALSIPA solicita à Trensurb estudo de viabilidade para expansão do trem até Taquara
out 30, 2012 2 Comments ›› Guilherme Darros

Aos poucos o trem vai ficando mais próximo do Vale do Paranhana. Em um café da manhã realizado nesta segunda-feira, 29 de outubro, a Associação dos Legislativos dos Vales dos Sinos e Paranhana – a ALSIPA entregou à diretoria da Trensurb representada pelo Presidente, Humberto Kasper e pelo Diretor de Administração e Finanças, Leonardo Hoff, uma carta solicitando estudo de viabilidade para a expansão do trem até Taquara. Na última semana a empresa anunciou que o edital de estudo de viabilidade até Sapiranga será lançado em novembro.

O Presidente da empresa, Humberto Kasper resumiu as atividades da empresa e enfatizou a importância da mobilização da sociedade para que as demandas sejam atendidas. “Empresas públicas e privadas querem expandir seus horizontes e nós estamos prontos para ajudá-los”, afirmou.

Já o Diretor Administrativo Financeiro, Leonardo Hoff que foi um dos idealizadores da ALSIPA enquanto exercia a função de vereador em Novo Hamburgo disse que o estudo de viabilidade até Sapiranga irá colaborar para iniciar o projeto de expansão até Taquara. “Sabemos que o trem além de ser uma solução para a mobilidade urbana, também é um alento para a economia local. Portanto, a Trensurb será parceira da associação na reivindicação desta demanda que irá melhorar a vida das pessoas beneficiadas”, destaca Hoff.

Segundo o presidente da ALSIPA, vereador Valdir da Luz (PDT) o documento entregue à diretoria da Trensurb é um resumo da necessidade do trem chegar até Taquara. “Além do aquecimento do turismo regional e da integração entre as regiões, o trem irá favorecer milhares de estudantes e profissionais que atuam na Faculdades Integradas de Taquara (FACCAT) além da Unisinos e da Universidade Feevale no Vale dos Sinos”, destacou o vereador. O encontro contou também com representantes das cidades de Parobé, São Leopoldo, Nova Hartz, Sapiranga, Lindolfo Collor, Taquara, Três Coroas e Canoas.

O Diretor Leonardo Hoff e o Presidente Humberto Kasper receberam dos vereadores a reivindicação.

 

Hoff ouviu reivindicação dos vereadores que fazem parte da associação.

Tagged with: , , , , , ,

Comments

  1. Claudio Soares disse:

    Olá,

    Pena que ainda não veio!

    Ir de Taquara, Igrejinha, T. Coroas para Poa. ou vice-versa custa INCRÍVEIS
    R$ 40,00 (mais ou menos) ida e volta!!! Imagine precisar ir mais de 3 ou 4 vezes por mês!!! É UM ABSURDO.

    Se o trem vier até Taquara, muitos de Porto Alegre, São Leopoldo, Novo Hamburgo poderão vir até nossa região, participar de festas locais, como Oktoberfest, asa delta, encontros de jipeiros. Inclusive haverá o incentivo de promover mais festas e eventos na região, já que ficará mais fácil que outras pessoas venham para cá!

  2. Guilherme Darros disse:

    Estamos trabalhando para isto amigo. O trem sem dúvidas irá melhorar não só a mobilidade urbana da região como também otimizar a economia local. Abraços.

Leave a Reply