Trensurb inicia campanha de incentivo à confecção do cartão SIM Passagem Antecipada

Home  »  Comunicação  »  Trensurb inicia campanha de incentivo à confecção do cartão SIM Passagem Antecipada
maio 9, 2013 No Comments ›› Guilherme Darros

A Trensurb recomenda que usuários regulares do metrô façam seu cartão SIM Passagem Antecipada: mais ágil, prático e seguro. Com ele, não há necessidade de espera nas filas das bilheterias, os créditos podem ser carregados conforme necessidade e, em caso de perda ou roubo, esses créditos são transferidos para um novo cartão. Além disso, com a gradativa eliminação dos bilhetes de papel, somente os cartões de bilhetagem eletrônica darão direito aos descontos das linhas de ônibus integradas. Os cartões de passagem unitária são, por sua vez, indicados principalmente para usuários esporádicos do metrô.

Essas são as informações que a Trensurb leva ao público através de uma ampla campanha que se iniciou nesta quarta-feira, 8 de maio. Na tarde de hoje, empregados do metrô entregam flyers contendo informações sobre as vantagens da confecção do cartão SIM Passagem Antecipada para os usuários nas estações Mercado, Canoas/La Salle e Esteio. As blitzes de divulgação continuam: na manhã de quinta-feira, nas mesmas estações; na tarde de amanhã, nas estações Rodoviária, Farrapos/IPA, Fátima, Mathias Velho e Sapucaia; ao longo da sexta-feira, nas estações Aeroporto, Niterói/UniRitter, São Luís/Ulbra, Luiz Pasteur e Santo Afonso.

A campanha inclui, ainda, a edição atual do jornal-mural Notícia na Linha – afixada em trens e estações–, sancas nos trens, mensagens sonoras nas estações e painéis de plataformas.

SIM para diversos usos e necessidades
A Trensurb trabalha para oferecer diferentes opções do sistema de bilhetagem eletrônica para cada perfil de usuário. Para as modalidades Passagem Antecipada e Idoso, é necessária a apresentação de carteira de identidade e CPF – não é mais necessário apresentar comprovante de residência ou cópias de documentos. O cadastramento é gratuito e o cartão pode ser retirado em qualquer estação do metrô. O cadastro para confecção do cartão SIM Vale-Transporte, para trabalhadores que utilizam o metrô, deve ser encaminhado pelo empregador. Confira abaixo informações para o procedimento em cada situação:

SIM Passagem Antecipada: Pode-se adquirir o cartão nos quiosques nas estações Mercado, Canoas/La Salle, Esteio, Sapucaia e Santo Afonso (das 7h às 18h) ou na Central de Passagens da EPTC (das 8h30 às 17h30), na Rua Uruguai, 45, Centro de Porto Alegre;

SIM Vale-Transporte: o cadastramento deve ser feito pelo empregador através do site www.tripoa.com.br;

SIM Idoso: usuários com 65 anos ou mais podem requisitar o cartão que garante gratuidade no transporte metroviário nos quiosques acima referidos ou na Central de Passagens da EPTC.

Integração com o TRI e com o TEU
Os usuários que já possuem o cartão TRI, sistema de bilhetagem da capital, podem usá-lo no metrô e nos ônibus integrados de Porto Alegre – todas as linhas urbanas, com valor total de R$ 4,10 para a realização das duas viagens – e de Canoas – linhas metropolitanas operadas pela Vicasa, valor total de R$ 3,50 para as duas viagens –, não necessitando de novo cadastramento para usufruir dos benefícios tarifários.

Todas as estações da Trensurb contam, ainda, com bloqueios devidamente identificados que aceitam o cartão TEU, utilizado nas linhas de ônibus da Região Metropolitana de Porto Alegre. Em Canoas, é possível realizar a integração entre o metrô e as linhas urbanas – operadas pela Sogal – e metropolitanas – da Vicasa – com o TEU, tendo direito ao desconto tarifário da integração – que resulta em um valor total de R$ 3,50 para a realização das duas viagens.

Com os cartões SIM ou TRI, ainda é possível fazer a integração tripla, ônibus-metrô-ônibus, entre Porto Alegre (todas as linhas urbanas) e Canoas (linhas metropolitanas operadas pela Vicasa), pelo valor total de R$ 6,07.

Vale lembrar que no caso específico da gratuidade para idosos, a Trensurb segue regramento federal (isentando usuários a partir dos 65 anos), enquanto os coletivos urbanos e metropolitanos têm definições diferentes (beneficiando idosos a partir de 60 anos).

Bilhetes de integração somente nas estações de origem das linhas de ônibus

Desde abril, os bilhetes de papel de integração não são mais vendidos em todas as estações da Linha 1, passando a ser comercializados apenas nas estações de origem/destino das linhas de ônibus integradas.

A integração Esteio é vendida somente nas Estação Esteio, o bilhete para Sapucaia pode ser comprado apenas nas estações Sapucaia e Luiz Pasteur e a integração Nova Santa Rita é comercializada só na Estação Mathias Velho. O bilhete de integração Novo Hamburgo não é mais comercializado.

No futuro, os bilhetes de papel, tanto unitário quanto integração, não serão mais vendidos. Para o usuário ter direito aos descontos das integrações, portanto, deverá possuir o cartão SIM ou TRI nas modalidades Passagem Antecipada ou Vale-Transporte – ou, para os ônibus integrados em Canoas, o cartão TEU.

A tecnologia da bilhetagem eletrônica já está implantada em todas as estações da Trensurb. O dispositivo permite maior controle do fluxo de passageiros (através do sistema automatizado), mais economia (uma vez que os cartões são reutilizáveis) e diminuição do comércio ilegal. Além disso, há mais segurança para o usuário: se houver roubo ou perda do cartão SIM, basta informar a empresa para que o cartão seja bloqueado. Mediante a apresentação de boletim de ocorrência e o pagamento da taxa de R$ 14 para a confecção de uma segunda via, os créditos são transferidos para o novo cartão.

Cartão SIM Unitário
Agora que a bilhetagem eletrônica e o cartão SIM Unitário – destinado a usuários eventuais do metrô – já fazem parte de todas as estações da Linha 1, os bilhetes unitários estão sendo gradativamente excluídos. As estações São Pedro, Aeroporto, Anchieta, São Luís/Ulbra, Petrobrás, Luiz Pasteur, Rio dos Sinos e Santo Afonso já não vendem mais o bilhete unitário de papel.

O cartão SIM Unitário tem o mesmo valor do bilhete de papel, de R$ 1,70. No momento da venda, o cartão é validado para que possa ser utilizado nos bloqueios (devidamente identificados) da estação. O usuário deverá inserir o seu cartão na fenda do validador. Após a leitura do cartão, o sistema efetuará o débito do valor da passagem, recolherá o cartão para o cofre interno e liberará o bloqueio para transposição do usuário.

Os cartões terão validade até o final da operação do dia seguinte à compra. Por isso, recomenda-se a compra de no máximo dois cartões unitários por vez. Um cartão SIM Unitário adquirido, por exemplo, às 15h de uma segunda-feira poderá ser utilizado até as 23h20 da terça-feira. Caso o prazo de validade do cartão tenha expirado, o usuário poderá efetuar a devolução da unidade para a bilheteria e receber, em troca, R$ 1.

Para ter mais praticidade, além de direito aos descontos de integração, os usuários frequentes do metrô devem providenciar a confecção do cartão SIM Passagem Antecipada.

Tagged with: , , , , ,

Leave a Reply